como-usar-o-marketing-digital-no-seu-negocio

 

Essa semana estou tratando sobre os modos de fazer marketing digital nas minhas redes e nos meus canais.

Gravo os vídeos no estúdio em casa e edito e posto do café onde tenho trabalhado. E hoje éramos eu e meu sorvete de café enquanto eu respondia aos excelentes comentários que estão no youtube e email, ele derretia rápido, me trazendo uma sensação de “venha antes que eu me transforme em um leite cremoso”, e eu me apressei nas colheradas.

Foi quando me dei conta: o derretimento do sorvete fazia uma bela metáfora ao que eu venho tanto falando nos meus conteúdos sobre o marketing: há uma poderosa parcela inconsciente estimulada pelo marketing e isso não é nada legal quando queremos desenvolver um trabalho mais alinhado com a consciência.

Já nos apressamos demais, já nos criticamos demais, já temos medos enraizados demais. Até o sorvete consegue ser motivo de a pressa bater, não precisamos de grandes cronômetros em páginas de venda, nem de mais um email dizendo “vai acabar”.

Não precisamos de mais vozes estimulando essa parte que habita nosso inconsciente, a parte que tem medo, a parte se pensa em perigo, a parte que vibra em escassez. Parei o movimento com a colher, respirei o cheiro do sorvete, e passei a brincar com as partes derretidas, comendo o sorvete à medida que suas bordas se tornavam escorregadias. Era mais gostoso assim.

Quero um mundo mais calmo dentro e fora de mim, sem que me apressem, sem que eu me desconecte de mim, sem que eu me perca nos medos. E mereço dar voz a esses pedidos construindo uma comunicação alinhada a esses valores para o meu negócio.

Sigamos.

Aqui no site do Coragem você encontrará sempre conteúdos sobre o tema e pode se inscrever para receber 4 vídeos e um livro digital gratuito onde aprofundo essa discussão. Clique aqui para se inscrever.

Grande abraço,
Paula Quintão