Você sabe que a resiliência é a capacidade de se recompor e voltar ao seu centro? Você sabe que essa é uma habilidade fundamental para a vida empreendedora? Aqui vamos receber algumas dicas da empreendedora Paula Romano sobre o tema.

…………….

Resiliência nos Negócios, por Paula Romano

Quando você quis ou quando começou a empreender, já se pegou dizendo ou mesmo pensando as seguintes frases: “Quero ser meu próprio chefe!” ou ainda, “Não quero ninguém mandando no meu horário de trabalho, nem dizendo o que eu devo ou não fazer!

Aí, quando você começa a se deparar com a realidade empreendedora percebe que, agora você tem o pior chefe do mundo: o cliente, e realmente ninguém manda no seu horário, porque você trabalha, no mínimo doze horas por dia. Você também percebe que não faz só aquilo que é sua expertise. Num passe de mágica você se vê em diversas funções: office-boy, faxineiro(a), recepcionista, eletricista, desentupidor de vaso sanitário, psicólogo(a), entre muitas outras que vão surgindo on demand.

Mas calma, pra tudo há uma solução. E sim, empreender é uma delícia, desde que você saiba ter resiliência e consiga voltar ao seu “eixo” ainda mais fortalecido depois do último tombo. Porque há tombos, muitos.

A minha sugestão para que você consiga trabalhar com aquilo que ama, empreender e não perder a sanidade é que dentro do seu planejamento de negócio – sim, você precisa de um planejamento no papel – você coloque também uma prática pessoal de uma experiência de não-mente.

Porque, apesar de ser uma prática pessoal, ela será FUNDAMENTAL para a saúde e o desenvolvimento do seu negócio. Uma prática de não-mente pode ser, por exemplo, uma aula de yoga, de dança, de artes marciais, meditação, algum esporte. Algo que faça com que você se reconecte com seu propósito, com o seu why. Uma prática puramente mecânica pode ajudar, mas não costumam ser tão eficazes.

Coloque sempre seu PORQUÊ na frente de todas as suas “novas funções adquiridas”. Assim, você verá sentido em desentupir um vaso sanitário, por exemplo e entenderá o valor deste trabalho e não o seu preço.

Sobre Paula Romano

Paula Romano. Mãe, bailarina, autodidata, criadora, artista, inventativa e feliz! Esta sou eu (ou só uma parte de mim)! www.paularomano.com.br